Palestras & Debates


Já faz tempo que o Tudo Por Nada não comenta sobre algum dos três grandes eventos gratuitos que rolam na cidade de São Paulo: Este Mundo É Meu! E As Sete Sementes…, Festival CCJ Independente e Antídoto. Mas isso não quer dizer que eles já terminaram – muito pelo contrário. Os dois primeiros vão até o dia 31 e o Antídoto até a próxima quinta-feira, dia 23. Dessa vez eu vou falar sobre algumas boas dicas o do Este Mundo e do Antídoto. Sobre o CCJ Independente eu irei falar nos próximos dias. Não perca!

ESTE MUNDO É MEU!

Viva ao verde

O que significam as árvores para as populações urbanas? Como é visto o verde em ambientes urbanos e industrializados? Como os indivíduos e o coletivo das cidades interagem com o ecossistema urbano? Racionalidade, espiritualidade e sensibilização das comunidades urbanas e rurais serão discutidas no Fórum de Reflexões – Áreas Verdes, Comunidades e Conservação. Dia 21/10, das 19:30 às 22:00 no Centro Cultural São Paulo.

A Educação Ambiental têm se colocado como um importante instrumento para a compreensão e a conscientização sobre questões ambientais, no exercício da cidadania e na busca de transformação da realidade socioambiental. O debate do Fórum de Reflexões – Comunicação e Participação Ambiental explicitará princípios e práticas da Educação Ambiental em ambientes diversos como Escolas, Comunidades e Meios de Comunicação, na busca da melhoria da qualidade de vida. Dia 21/10, das 19:30 às 22:00 no Centro Cultural São Paulo.

+ DE ESTE MUNDO

ANTÍDOTO

Viva ao mundo

No dia 21/10, das 17:00 ás 19:00, acontece no Itaú Cultural o debate Facções e Fronteiras Invisíveis. Apesar do tom pejorativo que costuma acompanhar o termo, facção é simplesmente um conjunto de pessoas que pensam e agem de maneira diferente da maioria. Esta mesa discute as relações entre as facções e as fronteiras invisíveis da sociedade, como o preconceito e a intolerância.

Já no debate Produções Culturais, os palestrantes falarão das experiências, dos conceitos, dos problemas e das vitórias envolvidos no desenvolvimento de projetos culturais em países africanos como Burundi, Burkina Faso, República Democrática do Congo e Ruanda. Dia 22/10, das 17:00 às 19:00, no Itaú Cultural.

SERVIÇO:

Itaú Cultural
Av. Paulista, 149, tel: 2168-1777.

Centro Cultural São Paulo
R. Vergueiro, 1000, Paraíso, tel: 3383-3402.

Como todos já sabem, o Tudo Por Nada é um blog que promove apenas a programação cultural gratuita de São Paulo. Por mais interessante e original que seja um determinado evento, caso custe, por exemplo, 50 centavos, ele não será divulgado aqui no blog. Isso porque nós do Tudo Por Nada acreditamos que a cultura e a arte, de forma geral, devam ser acessíveis a todos, pois elas são poderosas ferramentas de inserção social.

mudança por meio da fotografia (foto de Renato Santana)

Click: mudança por meio da fotografia (foto de Renato Santana)

Se você quiser ver com os próprios olhos um bom exemplo de quão importante pode ser a arte na vida das pessoas, confira a palestra do Projeto Fotográfico Um Olhar, uma apresentação do resultado do projeto Um Olhar, que desenvolve oficinas semanais de fotografia com os jovens da comunidade Paraisópolis, na zona sul de São Paulo. Com o objetivo de incentivar o olhar crítico, os participantes foram estimulados a desenvolver ensaios em diversas comunidades, sobre os mais variados temas. O resultado é agora apresentado na Biblioteca Temática Belmonte, por meio de exposição de fotos, da exibição de um documentário realizado pelos jovens e por um debate.

SERVIÇO:

Projeto Um Novo Olhar
Onde: R. Paulo Eiró, 525, Santo Amaro, tel:5687-0408.
Quando: Terça-feira, dia 21, às 14:30.

Quando falamos de literatura infantil, é impossível não pensar em Monteiro Lobato. Até hoje, o autor continua influenciando crianças em todo o país com sua narrativa fantástica e lúdica. Que atire a primeira pedra quem, em sua infância, nunca desejou ter um pouco do pó de pirlim-pim-pim.

Um ótimo programa para incentivar seu filho a ler

Um ótimo programa para incentivar seu filho a ler

Mas, claro, a literatura infantil nacional não é só feita de Monteiro Lobato. E é justamente para explorar esse assunto, que acontece no próximo dia 18 de outubro, na Biblioteca Temática Belmonte a palestra Cultura Popular e Literatura Infantil. A conversa será com o professor da USP e doutor em lingüística pela UNESP José Nicolau. No encontro, o professor versará sobre as conhecidas narrativas infantis de nossa cultura popular, com seus mitos e personagens marcantes.

E já que você vai até a biblioteca para assistir à palestra, eu recomendo consultar o rico acervo bibliográfico que ela possui sobre cultura popular brasileira. Aproveitando o clima de nostalgia, nada melhor do que reavivar o velho hábito de procurar livros em estantes reais.

SERVIÇO:

Cultura Popular e Literatura Infantil
Onde: R. Paulo Eiró, 525, Santo Amaro, tel:5687-0408.
Quando: Sábado, dia 18, às 09:00.

Pois é isso que podemos falar da internet. Com raízes nos anos 60, mas popularizada apenas na última década do século passado, a internet simplesmente revolucionou (e talvez seja um eufemismo) o modo como nos comportamos. Graças a ela nunca consumismo tanta notícia, conhecemos tantas pessoas de tantos lugares, tivemos tanto acesso á informações e produzimos tanto conteúdo.

Nunca antes nesse mundo, tivemos tantas opções

Nunca antes nesse mundo tivemos tantas opções

Mas essa liberdade que a internet nos dá, quando em exagero, torna-se incômodo. Democratização da informação ou anarquia? Para debater essa nova dinâmica social acontece no próximo dia 18, no Centro Cultural da Juventude, o debate Internet: Mídia Alternativa ou Mecanismo de Controle? Debaterão os aspectos dessa nova mídia os palestrantes Nildo Avelino (membro do Centro de Cultural Social), Aristeu Frost (membro do movimento anarcopunk de São Paulo) e Diego Duenhas (ativista anarcopunk e membro da editora independente Imprensa Marginal). As inscrições devem ser feitas na recepção do CCJ (50 vagas).

SERVIÇO:

Internet: Mídia Alternativa ou Mecanismo de Controle?
Onde: R. Vergueiro, 1000, Paraíso, tel: 3383-3402.
Quando: Sábado, dia 18/10, às 14:30.

+ de CCJ INDEPENDENTE

Você deve se lembrar que eu já falei da FESPSP aqui no blog, não? Como a programação das oficinas está sempre mudando, achei de bom grado comentar sobre elas de novo. Não que eu esteja sem assunto para postar aqui no blog, muito pelo contrário, mas para aqueles que têm preguiça de investigar o arquivo de entradas do Tudo Por Nada, aí vão algumas belas sugestões.

Carreira Acadêmica: Como se desenvolve uma carreira acadêmica e o que se pode pretender por meio dela? Nesta oficina o participante poderá entender melhor como uma carreira acadêmica transcorre nos mais diversos ramos de atuação, como docência, pesquisa e diversos níveis de titulação e atuação profissional. Com o mercado de trabalho, em algumas áreas, cada vez mais saturado, a Academia pode ser uma excelente alternativa para os recém-graduados.

  • Dia 16/10, das 14:00 às 17:00.

Argumentação – Organizando Idéias: Quantas vezes você já disse ou ouviu dizer: “Eu tenho idéias, mas não consigo colocá-las no papel”? Nesta oficina, os participantes entenderão os motivos dessa dificuldade tão corriqueira e terão possibilidade de resolvê-las sem muito esforço. Oficina ministrada por Márcia Arouca. doutora em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem e integrante do Grupo Acadêmico Pedagógico da FESPSP.

  • Dia 18/10, das 14:00 às 17:00.

Brasil, Rússia, China e Índia: O BRIC (Brasil, Rússia, China e Índia) é formado por nações apontadas por diversas instituições financeiras como países emergentes que poderão, em um futuro próximo, alterar os rumos da economia global. Entretanto, o grande crescimento é acompanhado por contradições profundas. Na oficina, a docente procurará discutir os desafios enfrentados por esses países no caminho para o desenvolvimento.

  • Dia 25/10, das 14:00 às 17:00.
Até 2040, cerca de 50% do PIB mundial estará nas mãos desses paises

Em 40 anos, países do BRIC podem deter mais de 50% do PIB mundial

Interpretando o Brasil: A partir de uma análise ampla da sociedade brasileira podemos conhecer um pouco mais sobre a formação e desenvolvimento de nossa história. Com uma abordagem interdisciplinar a oficina proporcionará aos participantes a oportunidade de refletir e conhecer um pouco mais sobre os problemas que marcam a história brasileira.

  • Dia 30/10, das 14:00 às 17:00.

Para se inscrever, clique aqui.
Para ver a programação completa, clique aqui.

SERVIÇO:

Oficinas FESPSP
Onde: R. General Jardim, 522, Vl. Buarque (próximo ao metrô República), tel: 3123-7800.
Quando: Ao longo do mês de outubro. Em diversos horários.

Não sei se vocês se lembram, mas há pouco tempo eu falei de uma série de oficinas de desenho e, inclusive, postei uma tirinha em quadrinhos que eu fiz muito tempo atrás para ilustrar o post. Não que eu me considere o próximo Maurício de Souza ou Bill Waterson, mas aquela era uma das minhas “obras” favoritas.

Mande-nos também a sua tirinha, desenho ou HQ!

Mande-nos também a sua tirinha, desenho ou HQ!

Bom, dessa vez eu falo de uma outra oficina, porém dedicada exclusivamente à arte das tiras em quadrinhos. O evento é coordenado pela Associação dos Quadrinistas e Caricaturas do Estado de São Paulo e acontece na Biblioteca Infanto-Juvenil Monteiro Lobato no próximo dia 18. Após breve introdução teórica relacionada às HQs, os participantes serão incentivados a criar seus próprios trabalhos. O material utilizado na atividade será fornecido gratuitamente.

É preciso ligara para saber se ainda há vagas. A oficina é recomendada para crianças e jovens partir de 10 anos de idade.

SERVIÇO:

Tirinhas em Quadrinho
Onde: R. General Jardim, 485, Vila Buarque, tel: 3256-4122.
Quando: Sábado, dia 18/10, às 14:00.

isso pode ser cada vez menos comum em sua vida

Isso pode ser cada vez menos comum em sua vida

Pouco mais de 97% da água existente no planeta Terra é salgada e está em oceanos e mares. Sobram apenas 3%, de água doce, que podem ser consumidos pelo ser humano. No entanto, boa parte desse restante encontra-se em geleiras e no subsolo, o que dificulta ou impossibilita sua extração. Resultado: guerra pela água nas regiões em que ela é mais escassa.

Esses dados dão uma idéia da importância desse que é o mais importante recurso natural do planeta. Da água depende a sobrevivência de qualquer ser vivo. Por isso, é vital que sejamos cuidadosos na hora e utilizá-la.

Justamente como forma de conscientizar as pessoas sobre o assunto, haverá no próximo sábado, dia 18, no Centro Cultural São Paulo (CCSP), o evento Expedições Paulistas: Re-conhecendo a Guarapiranga – Identificando a Origem da Água. A proposta é apresentar de forma lúdica alguns desafios hídricos existentes na cidade e evidenciar algumas formas de economia de água a partir da barragem de Guarapiranga, passando pelo Córrego São José e pelas margens do Rio Pinheiros.

É necessário fazer inscrição para participar. São 40 vagas ao todo. O ônibus que levará os participantes sairá e retornará ao CSSP. É bom ligar antes para confirmar as vagas. Indicado para a família.

SERVIÇO:

Expedições Paulistas: Re-conhecendo a Guarapiranga – Identificando a Origem da Água
Onde: R. Vergueiro, 1000, Paraíso, tel: 3383-3402.
Quando: Dia 18/1, das 10:00 às 14:00.

+ de ESTE MUNDO

Próxima Página »