medoQual foi o filme que mais te deu medo, pânico, pavor?

E qual que mais te surpreendeu?

Eu gosto bastante de filmes que tem que descobrir quem é o assassino.

Mas ultimamente, poucos têm me agradado.

Todos que mexem com espírito, fantasmas, pessoas mortas não me incomodam.

Muito menos aqueles que tem uns bichões macabros, tipo cine trash, que do nada aparece um babuíno e mata todo mundo.

Eu odeio filme de terror que usa crianças, claro que não tô falando de “Chucky – o boneco assassino”.

E sim de um filme espanhol que assisti  no Cinesesc na 31º Mostra à meia noite e fazia a platéia dar pulos de susto.

Achei ridículo, mas se quer sentir medo, é uma boa sugestão:  “El Orfanato”.pavor1

Eu fiz toda essa introdução só para avisá-los que está tendo no Cinusp desde o dia 2 de fevereiro a Mostra: Filmes de Suspense.

Essa mostra vai até dia 27 de fevereiro e traz filmes consagrados do gênero como “Um corpo que cai”, de Hitchcock, “Os Suspeitos”, de Bryan Singer e “Onde os fracos não têm vez”, dos irmãos Coen.

Confira a programação completa no site do Cinusp.

Rua do Anfiteatro,nº 181
Colméia – Favo 04
Cidade Universitária
GRÁTIS – retirar ingressos com 1 hora de antecedência
100 lugares
(11)3091-3540

Paul Newmna não morreu

Paul Newman não morreu

Eu fiz um post dia 11 de dezembro de 2008 sobre um ciclo de filmes que estava acontecendo no Cinusp em homenagem ao Paul Newman, mas como já tinha acabado as aulas da maioria, creio que muita gente viajou e perdeu essa oportunidade.

Então, agora não tem desculpa.

Confira a programação que começa dia 10 e vai até o dia 15 de fevereiro no Centro Cultural São Paulo e venere este grande ícone do cinema.

 

dia 10/2 – terça
16h
Marcados pela sarjeta
(Somebody up there likes me, EUA, 1956, P&B, 113min)
direção: Robert Wise – elenco: Paul Newman, Píer Angeli, Everett Sloane, Sal Mineo
Jovem que frequenta ginásio de boxe e ocasionalmente age como sparring apelida-se de Rocky Graziano. Depois de derrubar o campeão durante um treinamento, começa a fazer seu próprio nome e busca título de campeão de boxe.

18h
Gata em teto de zinco quente
(Cat on a hot tin roof, EUA, 1958, cor, 108min)
direção: Richard Brooks – elenco: Elizabeth Taylor, Paul Newman, Burl Ives, Judith Anderson
Esposa de ex-atleta entra em depressão por não despertar interesse no marido, um alcoólatra dominado pelo pai e que se afunda mais com a morte de seu melhor amigo. Adaptação da peça teatral de Tennessee Williams.
20h
Exodus
(EUA,1960, cor, 208min)
direção: Otto Preminger – elenco: Paul Newman, Eve Marie Saint, Ralph Richardson, Peter Lawford
Líder da resistência israelense consegue levar vários judeus em um cargueiro com destino à Palestina. Baseado no romance de Leon Uris.

 

dia 11/2 – quarta
16h
Roy Bean – O homem da lei
(The life and times of judge Roy Bean, EUA, 1972, cor, 120min)
direção: John Huston – elenco: Paul Newman, Anthony Perkins, Jacqueline Bisset, Ava Gardner
Na cidade de Vinegaroon nos tempos do faroeste, juiz se guia pelas leis que criou e impõe na cidade.

18h
O indomado
(Hud, EUA, 1963, P&B, 111min)
direção: Martin Ritt – elenco: Paul Newman, Melvyn Douglas, Patrícia Neal, Brandon de Wilde
Filho rebelde de respeitável fazendeiro vive em conflito permanente com seu pai e parece levar uma vida onde as confusões estão sempre presentes.

20h
Cortina rasgada
(Torn Curtain, EUA, 1966, cor, 125min)
direção: Alfred Hitchcock – elenco: Paul Newman, Julie Andrews, Lila Kedrova, Tamara Toumanova
Jovem casal se envolve em clássica história de espionagem ambientada em diferentes cidades da Europa, na época da Guerra Fria.

dia 12/2 – quinta
16h
Rebeldia indomável
(Cool hand Luke, EUA,1967, cor, 126min)
direção: Stuart Rosemberg – elenco: Paul Newman, George Kennedy, J. D. Caruso, Jo Van Fleet
Homem rebelde é condenado a passar dois anos numa prisão de trabalhos forçados. Incapaz de se moldar às normas, ele enfrenta problemas com guardas e companheiros de prisão.

18h15
Hombre
(EUA, 1967, cor, 111min)
direção: Martin Ritt – elenco: Paul Newman, Fredric March, Richard Boone, Diane Cilento
Homem branco criado em tribo Apache sofre com o preconceito, mas pode ser a única salvação de grupo de pessoas atacadas por foras-da-lei.

20h15
Uma lição para não esquecer
(Sometimes a great notion, EUA, 1971, cor, 114min)
direção: Paul Newman – elenco: Paul Newman, Henry Fonda, Lee Remick, Michael Sarrazin
Hank Stamper e seu pai possuem e administram uma madeireira em Oregon. Quando o meio irmão de Hank retorna, a tensão entre pai e filhos começa a surgir. No meio deste cenário tenso os Stamper lutam para defender o seu negócio contra madeireiros que estão em greve e exigem que eles parem também.

dia 13/2 – sexta
16h
Vale tudo
(Slap shot, EUA, 1977, cor, 89min)
direção: George Roy Hill – elenco: Paul Newman, Strother Martin, Michael Ontkean, Jennifer Warren
Treinador de equipe de hóquei conta com três novos jogadores, cuja tarefa principal é aniquilar os adversários.

18h
Roda fortuna
(The hudsucker proxy, EUA, 1994, cor, 111min)
direção: Joel Cohen – elenco: Tim Robbins, Jennifer Jason Leigh, Paul Newman, Charles Dunning
Industrial comete suicídio e um dos diretores planeja colocar em seu lugar um testa-de-ferro, que ele possa manipular para fazer negócios sujos.

20h
A cor do dinheiro
(The color of money, EUA, cor, 1986, 120min)
direção: Martin Scorsese – elenco: Paul Newman, Tom Cruise, Mary Elizabeth Mastrantonio, John Turturro
Filme que dá continuidade a Desafio a Corrupção (Robert Rossen, 1961). Veterano jogador de bilhar que havia se afastado das competições se impressiona com jogo de jovem promissor e passa a aperfeiçoar o jogo dele e lhe ensinar truques.

 

dia 14/2 – sábado
16h
Desafio à corrupção
(Hustler, EUA, 1961, P&B, 134min)
direção: Robert Rossen – elenco: Paul Newman, Jackie Gleason, Piper Laurie, George C. Scott
Talentoso jogador de sinuca acaba perdendo tudo por ambição, desafiando nome lendário da modalidade. Ele vai à falência, perde a confiança de seu técnico, mas consegue ajuda de um novo treinador.

18h30
Buffalo Bill
(Buffalo Bill and the indians or Sitting Bull’s history lesson, EUA, 1976, cor, 122min)
direção: Robert Altman – elenco: Paul Newman, Joel Grey, Kevin McCarthy, Harvey Keitel
Famoso caçador de búfalos do oeste americano resolve montar um espetáculo reunindo índios verdadeiros e caubóis, mostrando como foi a colonização do velho oeste.

20h45
Butch Cassidy
(Butch Cassidy and The Sundance Kid, EUA,1969, cor, 110min)
direção: George Roy Hill – elenco: Paul Newman, Robert Redford, Katherine Ross, Strother Martin
Faroeste que mistura aventura, comédia e romance e envolve dupla formada por um golpista e um pistoleiro.

 

dia 15/2 – domingo
16h
Estrada para Perdição
(Road to Perdition, EUA, 2002, cor, 117min)
direção: Sam Mendes – elenco: Tom Hawks, Paul Newman, Jude Law, Jennifer Jason Leigh
Durante a depressão, o filho de um gângster testemunha seu pai executando uma pessoa. A partir daí, eles precisam fugir, buscar vingança e tentar se esconder de uma organização criminosa.

18h
Golpe de mestre
(The sting, EUA, 1973, cor, 129min)
direção: George Roy Hill – elenco: Paul Newman, Robert Redford, Robert Shaw, Charles Dunning
Chicago, década de 1930. Dois vigaristas dão golpe em um gângster e embolsam uma grande quantia em dinheiro, mas um deles é assassinado pelo bandido. O outro busca ajuda de um ex-companheiro para que juntos possam aplicar mais um golpe no criminoso para vingar a morte do colega.
20h15
O indomável, assim é minha vida
(Nobody´s Fool, EUA, 1994, cor, 110min)
direção: Robert Benton – elenco: Paul Newman, Jéssica Tandy, Bruce Wills, Melanie Griffith
Trabalhador da construção civil vive sem dinheiro, brigando com dono da construtora onde trabalha. Sua vida começa a mudar com a inesperada chegada de seu filho e de seu neto e com a ajuda de mulher octagenária.

 

Rua Vergueiro, nº 1000 – pertinho do metrô Vergueiro
Sala Lima Barreto (110 lugares)
(11)3383-3402/3397-4000
ENTRADA FRANCA – retirar ingresso com 1h de antecedência

Para quem nunca ouviu falar, "Repeat All" é uma mostra itinerante de videoarte, inaugurada em 2006, que finalmente chega ao Brasil, mais precisamente no Museu da Imagem e do Som do Estado de São Paulo. O título, que em português significa "Repetir Tudo"  (numa tradução livre), questiona a repetição na produção artística dos dias de hoje.

Imagens de satélite da Nasa que mudam de cor acompanhadas por música eletrônica

Nela, 14 artistas e coletivos tentam reinventar cenas típicas da pintura a óleo, porém sobre uma nova plataforma: o audiovisual. Entre documentários, animações, clipes, performances e obras de ficção pode-se notar a infinita criatividade que atinge em cheio esse gênero artístico.

SERVIÇO:

Repeat All
Onde: Av. Europa, 158, Jd. Europa, tel: 2117-4777.
Quando: Todos os domingos, das 11:00 às 18:00 horas. Até 29/03.

Na próxima quarta-feira, 4 de fevereiro, o Itaú Cultural inicia suas atividades em 2009 com a ampliação da Enciclopédia Itaú Cultural de Teatro. Lançada em 2004, a obra de referência virtual já apresenta dados sobre a produção teatral de São Paulo e do Rio de Janeiro; agora, entram no ar verbetes sobre artistas, companhias, movimentos e espetáculos de Belo Horizonte, de Porto Alegre e do Recife.

Cena da peça As Relações Naturais

Cena da peça As Relações Naturais

E, para celebrar a ocasião, os grupos Os Fofos Encenam e Giramundo apresentam, respectivamente, o processo de criação da peça Memória da Cana (inspirada na leitura de obras de Nelson Rodrigues e Gilberto Freyre) e o espetáculo de bonecos As Relações Naturais (montado com base em texto do dramaturgo gaúcho Qorpo Santo). A programação traz, ainda, debate com parte da equipe responsável pela enciclopédia, no qual será abordada a história do teatro mineiro, gaúcho e pernambucano.

Os ingressos serão distribuídos com meia hora de antecedência.

SERVIÇO:

Comemoração À Expansão da Enciclopédia Itaú Cultural
Onde: Av. Paulista, 149, tel: 2168-1777, próximo ao metrô Brigadeiro.
Quando: Dia 04/02, às 19:00 horas: apresentação da enciclopédia e debate
com Antonio Cadengue, Clóvis Massa, Fátima Saadi, Fernando Mencarelli e Johana Albuquerque (Sala Vermelha, 90 lugares)
Dia 04/02, às 20:00 horas: espetáculo As Relações Naturais com Giramundo (Não recomendado para menores de 18 anos – Sala Itaú Cultural, 200 lugares)

De 05 a 15/02*: processo de criação do espetáculo Memória da Cana com Os Fofos Encenam (Não recomendado para menores de 16 anos – Primeiro Mezanino, 100 lugares)
* quintas e sextas 20h e sábados e domingos em dois horários 17h e 20h

Nosso Futuro?

Todo mundo já percebeu que, hoje em dia, somos facilmente domados por qualquer manifestação tecnológica que apareça. Wi-fi, megabytes e desfragmentação são apenas algumas das palavras que começaram a frequentar nosso vocabulário. Daqui a algumas décadas, teremos um estilo de vida igual ao da família Jetson. Talvez seja um exagero, mas é certo que a tecnologia já fincou seu pé USB no nosso cotidiano e vai, aos poucos, moldando nossa cultura.

Um bom exemplo disso é Júlia, protagonista do espetáculo Um Dia (Quase) Igual Aos Outros, cujos ensaios públicos o Centro Cultural Banco do Brasil abre no próximo dia 5. O espetáculo se passa numa casa-estúdio com sistema multimídia controlado por computadores “quase humanos”. É onde vive Júlia (Débora Duboc). Júlia é uma bem sucedida produtora de vídeos decidida a se suicidar, mas ao invés de deixar uma carta inicia a produção de uma “vídeo-carta”, com o intuito de culpar o ex-marido pelo seu triste desfecho. A comédia, que apresenta situações hilárias enquanto Júlia “conversa” com personagens que ligam para ela por engano ou com vídeos em sua sala, é ao mesmo tempo sensível e reflexiva ao tratar de temas latentes na sociedade contemporânea como as relações, a solidão, o emagrecimento obsessivo, o amor, etc.

SERVIÇO:

Um Dia (Quase) Igual Aos Outros
Onde: R. Álvares Penteado, 112, tel: 3113-3651.
Quando: Dias 5, 6 e  7/02, às 19:30. Dia 8/02, 18:30.
(recomenda-se chegar uma hroa antes para retirar o ingresso)

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) abre seu calendário de exposições de 2009 com a mostra Atenção: Estratégias Para Perceber a Arte, sob curadoria de Cauê Alves. A mostra estabelece uma imersão poética nas implicações da arte como forma de mediação entre o homem e o mundo, em contraponto a uma visão cientificista, por meio de 52 obras de vários artistas e diversos suportes selecionadas no acervo do MAM.

Segundo o curador, a arte se contrapõe à ciência como forma de compreensão e captação do mundo por um viés subjetivo, sem a preocupação de se concentrar em dogmas ou verdades absolutas e, dessa forma, livre e inesgotável. Para traduzir essa idéia poeticamente, três núcleos temáticos abordam diferentes aspectos da questão.

MAM 

Em Origens, o que se investiga é a pluralidade da percepção com relação ao fazer artístico e o constante embate entre o cientificismo e a liberdade na arte. Já em Desdobramentos, artistas das vanguardas dos anos 60 em diante usam o gesto como
forma de atingir os sentidos. Principal ferramenta de percepção do homem, o Corpo é outra vertente da mostra, em seu papel de receptor dos estímulos propostos pela arte e de acesso à alma.

SERVIÇO:

Atenção: Estratégias Para Perceber a Arte
Onde: Parque do Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Portão 3, tel: 5085-1300.
Quando: Todos os domingos. Das 10:00 às 18:00 horas. Até 23/03.

Olá leitores, tudo bem?

Print Enquete É com grande alegria que nós do Tudo Por Nada (LOGO Tudo)apresentamos mais uma novidade em nosso blog. Como vocês devem ter reparado ao entrar no site, o LOGO Tudo agora tem um logotipo. A figura do cifrão cortado ao meio, como em uma placa de proibido, simboliza exatamente a nossa intenção: mostrar conteúdo cultural de qualidade sem custo algum.

Além disso, reparem também que ao final na barra lateral esquerda do blog há uma enquete. Com isso, nós esperamos coletar um número cada vez maior de informações a fim de saber o que o nosso público pensa e quer. Consequentemente, cada vez mais produziremos um conteúdo melhor e mais adequado a todos vocês (sempre, claro, com inovação).