São Paulo é uma das cidades mais famosas do mundo. É cenário de três atuais novelas brasileiras. De uma série de TV por assinatura. É nome garantido em edições de todos os jornais nacionais, independentemente da região. É tema de incontáveis livros e, o mais importante, deste blog. Enfim, São Paulo está em todo lugar. São Paulo é onipresente.

São Paulo abriga todo mundo. Por isso, leva vocação para tudo. Se o assunto for restaurante, existem os de todo tipo: franceses, japoneses, vietnamitas, tailandeses, mineiros, árabes… Baladas? Há para todos os gostos: as mais calmas, as mais agitadas, as barulhentas, as românticas, as assustadoras. Em São Paulo existe tudo. São Paulo é onipotente.

São Paulo é o centro do mundo. Do meu mundo, pelo menos. Mas de outros também. É o centro financeiro brasileiro, centro cultural, centro econômico, centro gastronômico, centro artístico, centro industrial… Por São Paulo passa tudo. São Paulo é onisciente.

Uma boa idéia da cidade!
Uma boa idéia da cidade!

São Paulo é onipresente, onipotente e onisciente! Mas São Paulo não é Deus. São Paulo é simplesmente ela. Um lugar em que ocorre de tudo, em todos os momentos, em todos os lugares, para todos os tipos de gente. São Paulo é universal! São Paulo é bem legal!

Toda essa enrolação tem um motivo: somente um texto superlativo assim para explicar uma das sacadas mais bacanas do governo da cidade nos últimos tempos: as bibliotecas temáticas. Em 2006, o Sistema Municipal de Bibliotecas pôs em prática o projeto Bibliotecas Temáticas de São Paulo. O objetivo é criar ações específicas de acordo com o tema de cada uma delas. Cada local foi escolhido levando-se em conta a história e a vocação de cada unidade. A Biblioteca Cassiano Ribeiro, localizada no bairro de Pinheiros, foi escolhida para sediar o tema “música”, já que no bairro localizam-se diversos cursos musicais, lojas de instrumentos e locais de descontração.

Cada unidade mantém, também, livros que não dizem respeito ao tema proposto, para que o lugar não seja frequentado apenas por um público específico, mas seja, de fato, uma biblioteca aberta a toda a comunidade que precise consultá-la. Ainda, eventos gratuitos relacionados com a temática da unidade acontecem frequentemente nos locais. Para ver a programação de cada uma das bibliotecas, entre aqui.

Veja abaixo a lista de bibliotecas temáticas:

Biblioteca Alceu Amoroso Lima Poesia
Biblioteca Belmonte
Cultura Popular
Biblioteca Cassiano Ricardo
Música
Biblioteca Hans Christian Andersen
Contos de Fadas
Biblioteca Mário SchenbergCiências

Biblioteca Raul BoppMeio Ambiente
Biblioteca Roberto SantosCinema
Biblioteca Viriato CorrêaLiteratura Fantástica

A UMAPAZ – Universidade Livre do Meio Ambiente e Cultura de Paz oferece, de 26 de setembro a 14 de novembro, o curso “VIVER COM SIMPLICIDADE”, aberto a educadores, estudantes e demais interessados em meio ambiente e cultura de paz.

Ministrado pela professora Lygia Maria Cerviño Lopez, o curso tem o objetivo de trocar experiências que auxiliem a viabilização e o aprofundamento na prática de quem escolhe uma vida com menos consumo e plena de significados.

A metodologia do curso prevê: rodas de diálogo, projeções, vivências em sala e no interior do Parque Ibirapuera, explanações teóricas, resgate de memórias, feira de trocas, show de talentos, piquenique, entre outras atividades.

CONTEÚDO:

Simplicidade
O que é simplicidade?
As ecovilas
Pegada ecológica;consumo consciente
Nossos padrões de consumo: necessidades e desejos;escassez e abundância;desperdício
A cultura dos excessos: qualidade e quantidade;desperdício
Relações entre a simplicidade e outros valores: vontade, amizade,liberdade,segurança, participação,saúde,solidariedade, generosidade
O mito do progresso: diferença entre desenvolvimento e crescimento
Simplicidade e :-autoconhecimento e consciência ;-injustiça social;-tempo;-;as relações;- trabalho; -alimentação;-transporte;-cuidado;- sustentabilidade; não-violência;-comunicação; moradia;arquitetura
Consumo e vício
Propaganda e marketing
Os alimentos da alma: natureza , arte, afeto
SER e TER

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BURCH,AM. Simplicidade. Cultrix

DOMINGUEZ, J & ROBIN,V. Dinheiro e vida.Cultrix

ELGIN,D.Simplicidade voluntária. Cultrix

THOREAU, HD. Walden ou a Vida nos bosques.Cultrix

TOLLE,E.O despertar de uma nova consciência.Sextante

SERVIÇO:

Curso:”Viver com Simplicidade”
Professora: Lygia Maria Cerviño Lopez
Coordenação: Glacilda Pinheiro Correa Pedroso
Público focalizado: educadores, estudantes e interessados em meio ambiente e cultura de paz.
Duração: 24 horas (08 encontros de 3 horas cada)
Período: de 26 de setembro a 14 de novembro de 2008.
Horário: das 9h30 às 12h30
Local: UMAPAZ – Av. IV Centenário, 1268, portão 7-A – Parque Ibirapuera
Número de vagas: 50
Inscrições: Preencher ficha de inscrição abaixo e enviar para inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

CURSO: VIVER COM SIMPLICIDADE

Envie preenchido para inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

1. NOME COMPLETO:

2. Idade

3. Sexo ( ) M ( ) F

4 RG nº órgão: UF:

5. CPF nº

6. Se é servidor público, por favor informe

Nº RF

7 Escolaridade ( ) 2º grau completo ( ) 3º grau completo

8 .Instituição em que exerce a função de educador

9. Endereço residencial

10. CEP

11. E-mail

12. Telefone fixo

13.Telefone celular

Zeca Caldeira

Foto: Zeca Caldeira

Você gosta de teatro? E de música? E dos dois juntos num só espetáculo? Pois é justamente isso que a peça O Santo Guerreiro e o Herói Desajustado lhe oferece. Ela junta a famosa história de Dom Quixote e Sancho Pança com a lenda de São Jorge. Tudo com trilha de MPB e ao ar livre. Em cartaz até dezembro, a montagem é realizada pela Cia São Jorge de Variedades e tem como objetivo promover a fusão entre literatura universal e a cultura popular brasileira.

As apresentações ocorrem na Praça da República, por isso são sujeitas a intervenções espontâneas feitas pelos espectadores, sejam eles executivos ou moradores de rua. A trama envolve Dom Quixote, que chega a São Paulo procurando por sua amada Dulcinéia, mas fica desnorteado no caos da metrópole paulista. Eis então que surge São Jorge para auxiliar o velho “guerreiro”.

No blog My Pocket Show, você pode saber informações mais detalhadas do espetáculo e, o mais importante, conferir a opinião de quem assistiu e gostou! Além disso, é possível ver um vídeo com um trecho da peça

SERVIÇO:

O Santo Guerreiro e o Herói Desajustado
Onde: Praça da República, tel: 3824-9339 (90 minutos).
Quando: Domingos, às 15:00. Até 14/12.

São Paulo, todos sabem, é igual coração de mãe: sempre cabe mais um – seja de onde for. Tome como exemplo os restaurantes da cidade: há os franceses, os italianos, os árabes, os baianos, os mineiros, os tailandeses, os japoneses, os coreanos, os vietnamitas, enfim, de todos os lugares do mundo (e, se bobear, de todo o universo).

Reinaldo Meneguin

Foto: Reinaldo Meneguin

Mas mais do que abraçar outras culturas, São Paulo tem a sua própria. Cultura essa que muitas vezes se mistura com a do próprio Estado. E justamente no caminho dessa lógica, o Festival da Cultura Paulista Tradicional chega a sua 12ª edição. Ponto máximo do projeto Revelando São Paulo, o evento tem como objetivo preservar e disseminar os traços culturais paulistas, numa mistura entre o urbano e o rural.

A cultura popular é, sem dúvida, de vital importância para a manutenção social. É dela que surgem os mitos, os folclores, as músicas, as danças e, também, a sabedoria popular. São esses povos que conhecem como ninguém o meio ambiente e através de rituais diversos preservam-no da melhor forma possível.

Reinaldo Meneguim

Foto: Reinaldo Meneguim

Centenas de municípios do estado participam da comemoração, contribuindo, cada um, com um pouco de seus costumes. O evento abriga-se no Parque da Água Branca e apresenta ao público diversas manifestações populares nas suas mais variadas vertentes, seja na culinária, na religião ou no artesanato.

É bacana para tentar entender do que é feito, de verdade, a nossa cultura. Um pequeno retrato dos costumes tradicionais paulistas que, tenho certeza, mudará seu jeito de ver o mundo.

Clique aqui para ver programação completa dos dez dias do evento.

SERVIÇO:

Revelando São Paulo – XII Festival da Cultura Paulista Tradicional
Onde: Av. Francisco Matarazzo, 455, Barra Funda, tel: 3312-2900.
Quando: De 12/09 a 21/09, das 09 às 22h.