(1943-2003)

(1943-2003)

Qual o seu compositor preferido?
Não sabe responder logo de cara, né?
Mas se eu te perguntasse qual cantor, cantora ou mesmo banda, seria mais fácil, não é verdade?

Muitas letras de músicas que tanto adoramos não foram compostas por quem as cantam.
E na maioria das vezes nem nos atentamos para isso.
Por exemplo, você já ouviu falar em Waly Salomão?
Mas conhece as músicas “Vapor barato”, regravada nos anos 90 pelo grupo O Rappa, e Mel” e “Talismã”, sucessos do Tropicalismo, certo?

Então descubra mais sobre esse artista, que se tornou um dos compositores preferidos de Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gal Costa.
Confira “Pan-Cinema Permanente” nessa quinta-feira, dia 6 de novembro às 19hs no Cinusp.
Foi eleito o melhor documentário brasileiro pelo festival “É Tudo Verdade 2008”.

 
Rua do Anfiteatro, 181, Colméia, favo 4 – Butantã
(90 lugares- retirar ingresso com 1h de antecedência)
(11)3091-3540
GRÁTIS

O Tudo Por Nada tem como objetivo não apenas divulgar toda a programação cultural gratuita de São Paulo, como também facilitar essa quantidade de informações para você, caro leitor.

Por isso, hoje nós vamos falar dos eventos que estão acabando (ou seja, corra e programa-se para aproveitá-los) e vamos recomendar algumas outras atrações simplesmente imperdíveis, mas que você ainda terá algum tempinho para prestigiar. Não perca!

  • MÚSICA

Luciana Mello dá o tom da graça na Oscar Freire

Luciana Mello dá o tom da graça na Oscar Freire

Esse final de semana está recheado de boas atrações musicais. Uma operadora de celular que estréia em São Paulo promove três grandes shows na cidade nesse domingo: Pitty e Titãs tocam juntos no Parque da Independência; CPM 22 e Strike agitam a garotada no Parque do Carmo; e Jair Oliveira, Luciana Mello e Simoninha agraciam quem passar pela rua Oscar Freire. Além disso, a Orquestra Jovem do Estado apresenta-se às 11:00 no Theatro São Pedro.

  • TEATRO

Na segunda-feira, dia 20, o genial e combatente diretor José Celso Martinez apresenta sua montagem de “O Homem e o Cavalo“, peça escrita por Oswald de Andrade nos anos 1930 cujo enredo aborda a história da humanidade.

Já na terça-feira, acontece no Teatro Alfredo Mesquita a peça Memória Quase Póstumas de Adolfo Mendonça, história sobre um rapaz bem-sucedido que descobre ter uma doença rara que o faz perder os sentidos. Outra boa pedida são as apresentações que o grupo teatral Pombas Urbanas faz em comemoração aos seus 19 anos de existência. A partir do dia 21 até o fim do mês.

  • CINEMA

Na sétima arte, dois grandes filmes para você curtir. Ma quarta-feira, o Cinusp exibe o filme “Última Parada 174“, indicado como representante brasileiro para disputar o Oscar de melhor filme estrangeiro do ano que vem. No dia seguinte, como parte do Festival CCJ Independente, o Centro Cultural da Juventude irá exibir o humilde Juno, ganhador do Oscar de melhor roteiro adaptado.

  • EXPOSIÇÕES

Mas se o seu assunto são as artes plásticas, então esse fim de semana é sua última chance de curtir as exposições Da Cor Branca, Toque-me, Sou Teu! e Colección Visible – Histórias de Amor.

Enquanto Isso…

Trimassa!

Trimassa!

Agora, se você é daqueles que precisam planejar tudo, desde a hora que acorda até o tempo exato a ser gasto na hora de escovar os dentes, não se preocupe. São Paulo tem eventos para você o ano todo – e alguns vão até o ano que vem.

É o caso de Brasil Brasileiro, exposição no Centro Cultural Banco do Brasil em comemoração aos 200 anos do Banco, que conta com 200 obras sobre a diversidade do povo brasileiro. Já na Choque Cultural é possível apreciar a nata da arte urbana produzida em Porto Alegre, mas só até 30/10. Mesmo dia que a oficina “Desvendando o Universo dos E-books” encerra o Festival CCJ Independente.

Se o que você gosta mesmo é de rir, e muito, vai até o dia 30 de novembro a peça “A Loira do Banheiro e Outras Lendas Urbanas“, que narra de uma forma bem divertida como o paulistano consegue ser criativo.

Por fim, no dia 30 de outubro dois bons shows farão você reverenciar ainda mais a musicalidade brasileira. Em Santo Amaro, acontece o Sarau Sertanejo em que o público pode participar cantando e propondo músicas. No Centro Cultural São Paulo, Dona Ivone Lara e o Social Samba Fino exibem o que há de melhor no samba num concerto especialíssimo.

Para ver o endereço completo e o horário exato das atrações, consulte a Agenda TPN. Aproveite e fique por dentro dos demais inúmero eventos culturais que rolam pela cidade.

Não, não vou falar da polêmica envolvendo a transposição do Rio São Francisco nem pedir para que você cite seus afluentes. O título desse post é tal como é, pois falo hoje de Chico Buarque, que não deixa de ser “velho Chico”. Velho, porque são anos e mais anos enriquecendo a música brasileira; e Chico, porque… bom, porque é Francisco, mesmo.

Sua música é universal. Chico é paratodos.

Sua música é universal. Chico é paratodos.

Não perca na próxima terça-feira, dia 14, a peça O Baú Do Seu Francisco, uma apresentação musical estrelada pela Cia. do Tijolo e inspirada em músicas de Chico Buarque e do repertório popular brasileiro. Quatro viajantes chegam de muito longe e seguem um mapa que indica a localização de um Baú do Tesouro que pertenceu a um tal Francisco Buarque de Holanda. Depois de encontrarem, descobrem que o tesouro escondido no fundo da arca é maior que o esperado. Livremente inspirado na obra de Chico Buarque de Holanda.A peça tem 50 minutos de duração e é recomendada para maiores de cinco anos, ou seja, um bom programa para a família.

Eu não sei se você curte Chico Buarque, mas eu adoro. Portanto, aí vai a minha música predileta dele (ou uma das). Basta clicar aqui. Se você não conhecia nenhuma música dele até agora, espero tê-lo ajudado a apreciar um som de bom nível. Para ver a discografia completa, entre nesse site.

SERVIÇO:

O Baú do Seu Francisco
Onde: R. Vergueiro, 1000, 3383-3402. Sala Adoniran Barbosa (300 lugares).
Quando: Terça-feira, dia 14, às 15:00.

+ de ESTE MUNDO

Há 72 anos nascia o eterno inovador Tom Zé com um único objetivo, explicar para nos confundir e confundir para nos esclarecer. Suas músicas são infelizmente muito mais reconhecidas no exterior do que aqui.

Parabéns, Tom Zé!!

Parabéns, Tom Zé!!

Porém se você quer se redimir e descobrir mais sobre este personagem incrível, integrante do movimento Tropicalista no final dos anos 60, juntamente com os renomados Gilberto Gil, Caetano Veloso e outros, vá nessa terça-feira, dia 14, às 19hs, assistir o filmeFabricando Tom Zé” no Centro Cultural SESI Vila Leopoldina.

Endereço: Rua Carlos Weber, 835 – Vila Leopoldina
(11)3834-5523 / 3832-1066 ramal 1180
Sala do Cineclube – 30 lugares
ENTRADA FRANCA

São Paulo é uma das cidades mais famosas do mundo. É cenário de três atuais novelas brasileiras. De uma série de TV por assinatura. É nome garantido em edições de todos os jornais nacionais, independentemente da região. É tema de incontáveis livros e, o mais importante, deste blog. Enfim, São Paulo está em todo lugar. São Paulo é onipresente.

São Paulo abriga todo mundo. Por isso, leva vocação para tudo. Se o assunto for restaurante, existem os de todo tipo: franceses, japoneses, vietnamitas, tailandeses, mineiros, árabes… Baladas? Há para todos os gostos: as mais calmas, as mais agitadas, as barulhentas, as românticas, as assustadoras. Em São Paulo existe tudo. São Paulo é onipotente.

São Paulo é o centro do mundo. Do meu mundo, pelo menos. Mas de outros também. É o centro financeiro brasileiro, centro cultural, centro econômico, centro gastronômico, centro artístico, centro industrial… Por São Paulo passa tudo. São Paulo é onisciente.

Uma boa idéia da cidade!
Uma boa idéia da cidade!

São Paulo é onipresente, onipotente e onisciente! Mas São Paulo não é Deus. São Paulo é simplesmente ela. Um lugar em que ocorre de tudo, em todos os momentos, em todos os lugares, para todos os tipos de gente. São Paulo é universal! São Paulo é bem legal!

Toda essa enrolação tem um motivo: somente um texto superlativo assim para explicar uma das sacadas mais bacanas do governo da cidade nos últimos tempos: as bibliotecas temáticas. Em 2006, o Sistema Municipal de Bibliotecas pôs em prática o projeto Bibliotecas Temáticas de São Paulo. O objetivo é criar ações específicas de acordo com o tema de cada uma delas. Cada local foi escolhido levando-se em conta a história e a vocação de cada unidade. A Biblioteca Cassiano Ribeiro, localizada no bairro de Pinheiros, foi escolhida para sediar o tema “música”, já que no bairro localizam-se diversos cursos musicais, lojas de instrumentos e locais de descontração.

Cada unidade mantém, também, livros que não dizem respeito ao tema proposto, para que o lugar não seja frequentado apenas por um público específico, mas seja, de fato, uma biblioteca aberta a toda a comunidade que precise consultá-la. Ainda, eventos gratuitos relacionados com a temática da unidade acontecem frequentemente nos locais. Para ver a programação de cada uma das bibliotecas, entre aqui.

Veja abaixo a lista de bibliotecas temáticas:

Biblioteca Alceu Amoroso Lima Poesia
Biblioteca Belmonte
Cultura Popular
Biblioteca Cassiano Ricardo
Música
Biblioteca Hans Christian Andersen
Contos de Fadas
Biblioteca Mário SchenbergCiências

Biblioteca Raul BoppMeio Ambiente
Biblioteca Roberto SantosCinema
Biblioteca Viriato CorrêaLiteratura Fantástica

São Paulo, todos sabem, é igual coração de mãe: sempre cabe mais um – seja de onde for. Tome como exemplo os restaurantes da cidade: há os franceses, os italianos, os árabes, os baianos, os mineiros, os tailandeses, os japoneses, os coreanos, os vietnamitas, enfim, de todos os lugares do mundo (e, se bobear, de todo o universo).

Reinaldo Meneguin

Foto: Reinaldo Meneguin

Mas mais do que abraçar outras culturas, São Paulo tem a sua própria. Cultura essa que muitas vezes se mistura com a do próprio Estado. E justamente no caminho dessa lógica, o Festival da Cultura Paulista Tradicional chega a sua 12ª edição. Ponto máximo do projeto Revelando São Paulo, o evento tem como objetivo preservar e disseminar os traços culturais paulistas, numa mistura entre o urbano e o rural.

A cultura popular é, sem dúvida, de vital importância para a manutenção social. É dela que surgem os mitos, os folclores, as músicas, as danças e, também, a sabedoria popular. São esses povos que conhecem como ninguém o meio ambiente e através de rituais diversos preservam-no da melhor forma possível.

Reinaldo Meneguim

Foto: Reinaldo Meneguim

Centenas de municípios do estado participam da comemoração, contribuindo, cada um, com um pouco de seus costumes. O evento abriga-se no Parque da Água Branca e apresenta ao público diversas manifestações populares nas suas mais variadas vertentes, seja na culinária, na religião ou no artesanato.

É bacana para tentar entender do que é feito, de verdade, a nossa cultura. Um pequeno retrato dos costumes tradicionais paulistas que, tenho certeza, mudará seu jeito de ver o mundo.

Clique aqui para ver programação completa dos dez dias do evento.

SERVIÇO:

Revelando São Paulo – XII Festival da Cultura Paulista Tradicional
Onde: Av. Francisco Matarazzo, 455, Barra Funda, tel: 3312-2900.
Quando: De 12/09 a 21/09, das 09 às 22h.