Um bom lugar para se ver uma peça!
Um bom lugar para se ver uma peça!

Saber conviver em sociedade é para poucos. Quem nunca foi assistir àquele filme no cinema em que havia um cara (super) chato chutando a sua poltrona, ou conversando com o amigo do lado, ou conversando com você!, ou fazendo aquele maldito barulho ao abrir a embalagem do chocolate?

Bons espetáculos requerem um bom ambiente – silencioso de preferência. Pois é justamente essa rara situação de tranqüilidade que você poderá conferir na próxima terça-feira, no Mosteiro de São Bento. Nele, ocorrerá a peça Noite de Reis, leitura da dramática da comédia de William Shakespeare sobre uma náufraga que se finge de homem ao se ver numa terra desconhecia. O problema é que ela acaba se apaixonando pelo governante local e aí surgem várias confusões.

Ou seja, de uma vez só, você terá a oportunidade de conhecer o belo salão do mosteiro e de assistir a uma peça de um dos grandes gênios da dramaturgia mundial.

SERVIÇO:

Noite de Reis
Onde: Largo do São bento, s/n, Centro, em frente à estação São Bento do Metrô (100 lugares), tel: 3833-0110.
Quando: Terça-feira, dia 09/12, às 19:00.

Mas que santo

Embate político-religioso dá o tom da peça

Como eu já disse em mais de uma oportunidade aqui no blog, o que faz de William Shakespeare ser tido como gênio é o fato de que várias de suas obras são clássicos da dramaturgia e da literatura mundial. Justamente por isso são atemporais e podem ser reproduzidas continuamente ao longo do tempo, sob os mais diferentes enredos.

A peça de hoje, O Santo Milagroso, é, de certa forma, uma versão interiorana do clássico Romeu e Julieta. Além disso, carrega uma boa história de moral, que ensina a respeitar as diferenças. Em uma cidade do interior, acontece um conflito entre religiões, exploração da fé e manobra política. O afilhado de um padre católico e a filha de um pastor evangélico, apaixonados entre si, vêem a trajetória de confusões causada pela divisão das duas família, numa época em que era forte a intolerância religiosa.

O espetáculo será apresentado na próxima terça-feira, dia 14, às 20:00, no Teatro Arthur Azevedo.

SERVIÇO:

O Santo Milagroso
Onde: Av. Paes de Barros, 955, Mooca, tel: 2605-8007.
Quando: Dia 14/10, às 20:00. Duração de 90 minutos. 10 anos.

Vocês já devem estar cansado de me ver falar de Shakespeare, não? Mas não dá para controlar, não tenho culpa se os artistas gostam tanto de encenar peças dele. E aposto, também, que você também não se enjoa de ver mais e mais montagens do dramaturgo inglês.

Assim, gostaria de falar da montagem de Sonho de Uma Noite de Verão, do grupo Núcleo N3. A história fantástica, situada na num Grécia mágica, está em cartaz no SESI Leopoldina até o dia 28.

SERVIÇO:

Sonho de uma Noite de Verão
Onde: R. Carlos Weber, 835, Vl. Leopoldina, tel: 3833-1092 (456 lugares).
Quando: De quinta a sábado, às 20:00. Domingos, às 18:00. Até 28/09.

Se você é um leitor assíduo do Tudo Por Nada, deve se lembrar de quando eu recomendei a peça Sacrifício, uma leitura um tanto quanto subversiva da mais famosa obra de William Shakespeare, Romeu e Julieta. Dessa vez, eu venho não para falar de mais um espetáculo baseado em alguma peça do escritor inglês, mas sim, de nove deles! Calma, não se assuste. Não é nenhum tipo de maratona shakespeariana ou coisa do tipo. Seria um programa que nem Hamlet pensaria duas vezes antes de recusar.

Na verdade, estou falando da peça 100 Shakespeare, em cartaz até o dia 21 na Caixa Cultural. É um espetáculo de bonecos que repassa 100 cenas de nove obras do grande dramaturgo. As apresentações ocorrerão nos próximo fim de semana, têm duração de 60 minutos e a recomendação etária é de 18 anos. Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência.

SERVIÇO:

100 Shakespeare
Onde: Pça da Sé, 111, 6º andar, tel: 3321-4400 (40 lugares).
Quando: Sexta, dia 18, às 19:30. Sábado e Domingo, às 17:30.

Menino conhece menina (ou menina conhece menino – não importa), mas os dois são de famílias rivais, que nunca aceitariam um relacionamento entre os dois. Então, menino e menina vivem um amor secreto até que um dos dois morre tragicamente.

Aposto que você está pensando: “Já ouvi essa história antes. Talvez na novela dos oito.” Bom, pode até ser. Independentemente da onde você a conheça, a inspiração veio de um só lugar: Romeu e Julieta.

A peça do escritor inglês William Shakespeare continua sendo relida e reproduzida ao longo do tempo em todos os cantos do mundo. Uma prova inqüestionável da atemporalidade de sua obra.

Essa, que é talvez a mais disseminada de todas as sua peças, ganha uma versão brasileira (mais uma, mas não uma qualquer) sob o título de Sacrifício. A montagem em cartaz no Centro Cultural Fiesp, destaca-se por subverter algumas passagens do texto, o que faz com que seja bastante autêntica e não apenas uma outra representação do famoso amor impossível.

SERVIÇO:

Sacrifício
Onde: Av. Paulista, 1313, tel: 3146-7405/06, Mezanino (50 lugares).
Quando: De quarta a sábado às 20:30. Domingos às 19:30. Até 14/12.

Obs: retirar ingressos no dia da apresentação a partir do meio-dia (das onze, aos domingos).