Música


Branford Marsalis e Chaka Khan juntos em show gratuito no parque da Independência

Branford Marsalis e Chaka Khan juntos em show gratuito no parque da Independência

Assim pode ser chamado este próximo domingo, dia 23 de novembro quando acontece a 3º edição do Telefônica Open Jazz.

O evento será realizado a partir das 15h30 no parque da Independência, onde também está o Museu do Ipiranga.

Nada mais nada menos que os norte-americanos Branford Marsalis(16hs) e Chaka Khan(17h30) sobem ao palco para um show inesquecível ao ar livre com muito Jazz, Gospel e Rythm & Blues.

 

Endereço: Av Nazaré, s/nº – Ipiranga
(11)2273-7250
os portões serão abertos às 13hs

O projeto Sons Urbanos da vez para o rapper Slim apresentar o show Se não Pode Sentir não Ouça, nessa quarta feira- dia 5/11– no Teatro do Centro Cultural SESI Vila Leopoldina às 20h.

Capa do álbum Financeiramente Pobre

Capa do álbum Financeiramente Pobre

Slim iniciou-se no cenário da cultura HIP HOP em 1996 atuando como grafiteiro e marcando sua passagem também em outro dos elementos desta cultura, o break dance. Até que em 2000 encontrou na música, o Rap, a forma artística ideal para sua expressão. Gravou os álbuns Slim Rimografia – Financeiramente Pobre, em 2003 e Introspectivo, em 2006.

Centro Cultural SESI Vila Leopoldina

Rua Carlos Weber – 835
Vila Leopoldina
Fone: 3834-5523

Show de música pop com a ex-integrante do grupo Rouge, Luciana Andrade, acontece nessa sexta, dia 24. A cantora e compositora mineira apresenta músicas de seu primeiro disco solo e também algumas releituras de canções dos mais variados estilos. O repertório conta com Sempre de Dudu Falcão, Dudu Falcão e A Casa Mal-Assombrada, de Paula Marquesini, além de covers de Tom Waits, Beatles e Natalie Merchant. A apresentação ocorre no SL Music Hall e tem início ás 20h, mas o horário pode ser alterada sem aviso prévio.

O SL Music Hall fica na Rua José Maria Lisboa, 745
Jardins
Fone: 3884-9149

Uma grande oportunidade para quem deseja ser um DJ está no CEU Três Lagos. No próximo sábado, 18, acontece o Projeto Vídeo Vinil, no qual, o público participará de workshops com os DJs Kurts e Du-Fee, aprenderá a confeccionar grafites e assistirá vídeos sobre as técnicas apresentadas.

Também no sábado, o teatro do CEU Jambeiro será palco para muitos shows. O grupo Onix exibirá às 12h30 diversas performances do pop rock. Já, às 13h30, será a vez do samba no pé com a banda Dom do Samba. Ainda em clima de festa, a banda F15 apresenta às 14h30 o seu Rock para a galera. No domingo, todos poderão aprender várias coreografias e dançar muito no ritmo do axé com a Gang do bicho, às 13h que não deixará ninguém parado.

Quem for ao CEU Aricanduva no dia 18 participará do Banana Pop Rock. A partir das 16h, os músicos da banda prestam uma homenagem à música popular brasileira misturando ritmos, teatro e até uma exposição de artes. Falando em artes, às 19h, no CEU Alvarenga acontece o Sarau Sátira.com, uma releitura do filme Sátiracom. A idéia é unir todas as linguagens artísticas em um só evento.

Comemorando cinco anos, os CEU Meninos e Vila Rubi realizarão suas festas de aniversário. O Meninos, por exemplo, promove no sábado, a partir das 11h, uma oficina de história em quadrinhos. E o Vila Rubi no domingo, exibirá uma exposição de carros antigos e fuscas, chamada Ofuscar.

Confira a programação:

CEU Três Lagos
18/10-Oficina de Djs-O dia todo
Endereço: Rua Estrada do Barro Branco, s/nº

CEU Jambeiro
18/10-12h30- Apresentação da banda de rock regional Ônix
18/10-13h30-Apresentação musical da banda Dom do Samba
19/10-13h-Gang do Bicho-Show de danças
Endereço: Avenida José Pinheiros Borges, 60 – Guaianases

CEU Aricanduva
18/10
-16h-Projeto Banana Pop-Shows com teatro, música e danças
Endereço: Rua Olga Fadel Abarca, s/nº – Cidade Líder

CEU Alvarenga
18/10-19h-Sarau Sátira.com-releitura do filme Sátiracom
Endereço: Estrada do Alvarenga, 3.752 – Pedreira

CEU Meninos
18/10-A partir das 11h-Comemoração V Aniversário do CEU
Endereço: Rua Barbinos, 111 – São João Clímaco

CEU Vila Rubi
19/10-
A partir das 8h-Comemoração do V Aniversário do CEU
Endereço: Rua Domingos Tarroso, 101-Vila Rubi/ Capela do Socorro

Duas mulheres embalam o mês de outubro com sua música. As cantoras Giana Viscardi e Daniela Procópio, que também é compositora, fazem shows distintos para apresentar seus novos trabalhos.

Daniela Procópio: O repertório do show traz as músicas do álbum de estréia da cantora, homônimo, lançado no início deste ano. O disco foi produzido pela própria cantora em parceria com Juliano Barreto.
 

14, 21 e 28/10/2008 Restaurante La Tambouille – Av. 9 de Julho, 5.925
Horário: 21h30
Informações: 11 3079-6277 / 3079-6276

Giana Viscardi: Durante todos os sábados de outubro, o Teatro Décio de Almeida Prado recebe o espetáculo ‘Pobre Menina Rica, o Show’. Nele, Giana interpreta as canções de Vinicius de Moraes e Carlos Lyra. 

Dias 04, 11, 18 e 25 de outubro – Teatro Décio de Almeida Prado
Rua Cojuba, 45 – Itaim Bibi
21horas
(retirar ingresso 1 hora antes do espetáculo)

Com o objetivo de divulgar a riqueza da música instrumental brasileira e trabalhar o desenvolvimento da percepção musical, o Projeto Duo VilelaMúsica Instrumental Brasileira chega ao CEU Cidade Dutra no dia 13 de Outubro próximo. Integrando a série Concertos 3M de Música, o projeto apresenta duas atividades gratuitas: uma Oficina de Desenvolvimento de Musicalidade e uma Apresentação Musical, com a interpretação de obras de grandes compositores brasileiros. Ambas atividades são ministradas pelos irmãos pianistas Fernando Reis e Rodolfo Vilela, integrantes do Duo Vilela. Os eventos são abertos a todos os interessados e não exigem prévio conhecimento musical. O CEU Cidade Dutra está situado na Av. Interlagos, 7350 – Interlagos. A oficina será realizada às 13h00 e a apresentação musical às 14h00. Informações poderão ser obtidas pelo telefone 5668-1952.

Os irmãos Vilela têm formação distinta, o que permite a união de duas essências de forma plenamente harmônica. Fernando Reis, Bacharel em Música pela Faculdade Santa Marcelina/SP e Mestre em Piano pelo Brooklyn College/NovaYork, cursa Doutorado em Música pela USP. Rodolfo Vilela, compositor e arranjador, é bacharel em Composição e Regência pela UNESP e em Psicologia pela FIG. Dedicou-se, também, ao estudo da música popular, participando de cursos e oficinas nas áreas de Composição Musical e Jazz Piano, com nomes de referência no segmento.

O projeto, que teve seu início em março e já visitou localidades como Poá, Itapetininga, Praia Grande e Mairinque, prosseguirá até dezembro, perfazendo um total de 30 eventos, despertando nos mais diferentes públicos o interesse pela nossa música instrumental e o reconhecimento de sua riqueza. “O trabalho dos irmãos Vilela, aflora a musicalidade por vezes adormecida nas pessoas e coloca o público em contato com nossos grandes compositores”, explica Priscila Paes, musicista, maestrina e produtora do evento.

Duo Vilela – Música Instrumental Brasileira conta o patrocínio da 3M, através do Programa de Ação Cultural – PAC, Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo do Estado de São Paulo. Os próximos eventos serão realizados nos CEUs Campo Limpo, Lajeado, Vila Curuçá, Quinta do Sol e Pêra Marmelo.

Serviço:

Data: 13 de outubro, segunda-feira
Local: CEU Cidade Dutra
Endereço: Av.Interlagos, 7350.
Oficina de Desenvolvimento da Musicalidade
Horário: 13h00

Participação gratuita, com vagas limitadas – inscrições tel.: 5668-1952
Apresentação Musical
Horário: 14h00

Entrada gratuita

Currículos resumidos dos artistas

Fernando Reis iniciou seus estudos de piano aos sete anos em Araxá/MG, dando continuidade na cidade de São Paulo. Em 1993 concluiu o bacharelado em piano pela Faculdade Santa Marcelina/SP, recebendo no mesmo ano o 1º prêmio em Concurso de Piano promovido pela Escola Municipal de Música. Participou de diversos festivais de música, recebendo orientações de Gilberto Tinetti, Paul Rutmann e Geir Henning Braiten. Entre 1994 a 1996 cursou Teoria Musical e Piano na classe do Dr.Thomas Sauer no Mannes College of Music/Nova York. Em 1996 participou do Curso de Piano Popular para pianistas eruditos na New School em Nova York. Em 1998 concluiu o Mestrado em Piano pelo Brooklyn College, também em Nova York, tendo como orientador o pianista Agustin Anievas. Neste mesmo ano apresentou recital de piano no Queens Borough Public Library em Nova York. Em 2000 gravou CD com obras de Heitor Villa-Lobos que foi transmitido pela Rádio Cultura de São Paulo e pela Rádio MEC do Rio de Janeiro. Em 2001 e 2003 participou como jurado e realizou workshop sobre a música pianística de Heitor Villa-Lobos no Concurso Nacional de Piano do Conservatório Santa Cecília em Araçatuba. Em 2003 ministrou o Curso de Extensão sobre Pedagogia Pianística na Faculdade de Música Carlos Gomes, onde também é professor. Atualmente cursa Doutorado em Música na ECA-USP sob orientação do Dr.Amilcar Zani Netto. Além de sua atuação na área didática, tem se apresentado como recitalista em concertos solo e grupos de câmara em salas de São Paulo e interior do Estado, tendo se apresentado em locais como: Teatro Municipal de São Paulo, Centro Cultural Vergueiro, Centro de Música Brasileira, Associação Paulista de Medicina, Sesc e TUSP. Desde 2001, integra o Duo Vilela – duo pianístico criado em parceria com seu irmão Rodolfo Vilela.

Rodolfo Vilela iniciou seus estudos musicais em 1977 na cidade de Araxá/MG. Em 1985 ingressou na Fundação de Educação Artística de Belo Horizonte onde estudou Piano e Criação Musical. Dois anos depois, mudando-se para São Paulo, aperfeiçoou seus estudos de piano erudito na classe do professor Roberto Sabbag . É formado em Composição e Regência pela UNESP, local onde teve como mestres Samuel Kerr, Edmundo Villani Côrtes e Florivaldo Menezes, entre outros. Paralelamente participou de cursos de aperfeiçoamento com Nelson Ayres, Amilton Godoy, Abel Rocha, Ricardo Breim. Posteriormente passou a estudar jazz piano com Hilton Jorge Valente (Gogo). Formou-se em Psicologia (FIG) em 1992. Trabalhou em 1994 como tecladista do monólogo Paixão estrelado pela atriz Natália Timberg, com direção musical do Maestro Júlio Medaglia. Em 1995 trabalhou com a cantora Cida Moreira no Espetáculo Porgy and Bess. Em 1996 acompanhou o violonista flamenco Júlio Ramirez ( Raízes de América ) no show Vibrações Flamencas e no mesmo ano participou do espetáculo teatral O Pequeno Mago com o grupo X.P.T.O. Participou como tecladista e pianista do CD Rapsódia Paulistana do compositor Cássio Gava e também do CD da peça monólogo Paixão. Compôs a trilha sonora de duas peças R11 – Assim É Se Lhe Parece (1999 R11; Pirandelo) e Rale (2004 – Máximo Gorki) e de um filme R11 – a valsa Sonho de Amor R11, ; para Se Tivéssemos Tempo. Entre 2002 e 2003 atuou como regente do coral da Faculdade Aberta à Terceira Idade do Colégio Claretiano. Atualmente trabalha como compositor, pianista, regente coral e professor de música . Desde 2001, integrando o Duo Vilela com seu irmão Fernando Reis, tem se apresentado em diferentes cidades do país.

Marcelo Jeneci é um compositor de apenas 25 anos de idade. Músico acompanhante de diversos nomes da música popular brasileira, tem seu repertório  construído com músicas inéditas compostas por ele mesmo, muitas delas com parceiros como Zé Miguel Wisnik, Arnaldo Antunes, Vanessa da Mata, Luiz Tatit e Chico César, entre outros. Marcelo se apresenta no dia 07  de outubro, às 21 horas, no Sesc Pompéia. O show tem classificação livre e duração de 90 minutos.

Sesc Pompéia

R. Clélia, 93 – Água Branca – Oeste.

Telefone: 3871-7700

Próxima Página »